BATIK

A TÉCNICA

BATIK é uma técnica ancestral de estamparia. Estima-se que tenha surgido em Java há dois mil anos. Consiste em proteger partes do tecido com cera e depois tingir com cores, a cada tingimento cobre-se outras partes do tecido novamente com cera de modo que as partes cobertas com cera não se tingem obtendo estampas com várias cores. Neste processo geram quebras produzidas nas partes protegidas que são a característica deste tipo de trabalho.

 

A MINHA EXPERIENCIA

Comecei a fazer batiks no fim dos anos 70, quando ainda adolescente, pra customizar roupas minhas e depois comecei a produzir peças para vender. Neste tempo desenvolvi uma técnica a partir da experiência com outros artistas, de modos a produzir peças mais resistentes com as cores mais sólidas, resistentes à lavagens e ao tempo, usando a pintura no lugar de tingimento. No inicio dos anos 80 vendia no Brick da Redenção, icônica feira de artesanato nos domingos de Porto Alegre.

Após isso migrei para o design gráfico, computação gráfica, efeitos visuais e design digital. O BATIK virou um hobbie bisexto.

Mas com a pandemia, com o isolamento social voltei a produzir batiks, num primeiro momento para reciclar roupas e outros tecidos. Pude me dar conta de o quão prazeiroso é fazer, mesmo que super trabalhoso. (registro do processo no time-lapse ao lado)

Desta redescoberta, junto com o afunilamento do mercado de trabalho, surgiu a idéia de outra vez transformar o hobbie em negócio.

© 2020 by silviaguimarens.com / +55 21 99618-8596